fbpx

As rápidas transformações fazem parte do estilo brasileiro. Como o país é jovem, demonstra mais amor à inovação do que às tradições, adora a novidade e assimila rapidamente as novas tecnologias, como a internet, que se difundiu no país muito mais rapidamente do que por exemplo na Europa.

As inovações recentes e já bastante disseminadas, relacionadas ao mundo da informação, deixaram de representar necessariamente uma contaminação e, portanto, não constituem elementos de modificação negativa do comportamento.

A tradição brasileira pode ser definida pela capacidade ilimitada de se adaptar, aceitar, reciclar e de se adequar ao novo. Os brasileiros unem a novidade à tradição sem ponderar suas implicações. Isso faz do país um sistema complexo e problemático e, ao mesmo tempo, muito rico.

Entre os recursos – tradições e inovações – é importante valorizar a imagem externa do Brasil no momento em que o país se “perceba” de modo positivo, identificando o valor daquilo que é característica de seu povo.

Esta polaridade entre a tradição e inovação é perfeitamente visível também nas relações empresariais, onde o uso de ferramentas recentes – sobretudo aliadas à internet – faz com que algumas empresas se sobressaiam com relação às outras, criando uma sensação de necessidade de busca pelo novo.